Nova iluminação, usina solar e 'geral': planos do São Paulo para o Morumbi

Nova iluminação, usina solar e 'geral': planos do São Paulo para o Morumbi

Clube recebeu da CBF o status de ''melhor grama do Brasil'' e faz projetos de modernização do estádio buscando parcerias para minimizar custos; nova iluminação deve sair em breve

0 0 0 0
Estádio deve ter nova iluminação em breve, dentro dos planos da diretoria (Foto: Rubens Chiri/São Paulo)

Ainda em 2018, o Morumbi deve ter, ao menos, novos refletores. Esse é o projeto do São Paulo, que tem um plano de modernização do estádio que conta com projetos como o avanço do anel inferior, construindo uma espécie de "geral", e até a implantação de uma usina de energia solar que poderia abastecer, inclusive, as residências de sócios-torcedores.



O presidente Carlos Augusto de Barros e Silva e seus diretores têm ideias que podem ser implantadas ainda nesta temporada. O foco é buscar parcerias para minimizar os custos saídos dos cofres do clube. E os dirigentes relatam motivos recentes de elogios ao estádio de 58 anos.

A CBF, segundo o Tricolor, deu nota 4,67, em uma variação de 0 a 5, ao gramado do Morumbi. É a melhor avaliação entre os campos do Brasil e, de acordo com o clube, só houve reprovação por conta da drenagem, devido a critério que o São Paulo discorda. Para completar, a Conmebol, que preparou a arena para o jogo diante do Rosario Central no último dia 9, informou que o estádio não precisou de nenhum ajuste para o compromisso pela Copa Sul-Americana, o que cria a possibilidade de ser sede da Copa América de 2019.

Neste cenário, veja abaixo os principais planos do São Paulo para modernizar o Morumbi nos próximos meses:

Nova iluminação
É a medida mais próxima de ser implantada. O São Paulo trocará seus refletores e utilizará LED, com a promessa de aumentar a iluminação para a potência máxima permitida pela Fifa, algo que, segundo o próprio clube, nenhum outro estádio do Brasil oferece - nem mesmo arenas construídas para a última Copa do Mundo.

A medida também tem motivos econômicos. Os novos aparelhos causarão uma redução na conta de energia, atualmente de R$ 500 mil mensais contando estádio e clube social. Os custos cairão para R$ 450 mil por mês, sendo que os R$ 50 mil excedentes servirão para pagamento da empresa que fará o serviço. Na prática, o São Paulo conta que a nova iluminação sairá por custo zero.

Está confirmado que uma empresa da Coreia do Sul será responsável pela inovação. Dirigentes do clube viajarão para o país asiático no próximo mês para concluir o acordo e até acertar novas parcerias para melhorias no Morumbi. Por isso, existe a expectativa de que a implantação esteja completa até pouco depois do Mundial da Rússia, que se encerrará na metade de julho.

Usina solar
Esse é um dos projetos mais inovadores preparados pelo clube. O plano é cobrir parte do Morumbi, em um setor que deve atingir entre quatro e cinco lances da arquibancada, com uma estrutura de captação de energia solar. A estimativa é de que, com isso, o clube conseguirá produzir o que gasta atualmente de energia e até repassar o excedente para sócios-torcedores, a custo menor do que o cobrado pela AES Eletropaulo.

Geral
A ideia é do presidente Leco: com exceção das partes atrás dos bancos, o projeto é avançar o anel inferior até o gramado. O dirigente sabe que a visão não será tão boa como em outros setores, mas, além de aumentar a capacidade de público, será um setor com uma experiência diferente a quem ocupá-lo, semelhante ao que ocorria na antiga geral do Maracanã.

Existe ainda uma vantagem no quesito de segurança, minimizando acidentes como o ocorrido em jogo contra o Atlético-MG, na Libertadores de 2016, quando comemoração de gol fez a grade ceder e torcedores caíram no fosso. Com a implantação da 'geral', qualquer tumulto acima do que pode ser suportado levaria os são-paulinos para o gramado, diminuindo os danos físicos das pessoas.

Há, contudo, um importante empecilho para o novo setor. É exatamente ali que ficam os banheiros químicos em shows no estádio. Uma solução cogitada é construir uma nova área para o serviço. Por enquanto, não foi nem cogitada a ideia de usar arquibancadas móveis, que poderiam ser retiradas quando o Morumbi recebesse eventos musicais.

Telões
É um projeto considerado, ainda, em fase embrionária. Existe algumas ideias em estudo, e uma delas, tida como a mais moderna, indica telões pendurados em estruturas similares às de cortinas acima do gramado. Já há conversas com a empresa sul-coreana responsável pela troca dos refletores para implantação desse material multimídia e, caso ela vença a concorrência, o São Paulo busca acordo para diminuir o pagamento dos refletores.

Reforma dos vestiários
Há um acordo com a Ambev para fazer mudanças, principalmente, no acesso dos jogadores ao gramado. A ideia é aumentar o espaço de encontro dos times, já que tornou-se um protocolo que as equipes entrem juntas em campo, além de implantar outras modernizações. Assim como a troca de refletores, a expectativa da diretoria é que essas mudanças na estrutura dos vestiários do estádio estejam concluídas ainda nesta temporada.
Avalie esta notícia: 103 3

Comentários (14)

16/05/2018 20:42:55 NegradaTricolor

essa de fazer uma espécie de "geral" não gostei, esteticamente e no lado funcional ao invés de modernizar vai é retroceder.

Isso é p/desavisado ver como esse Leco e seus braços são uma cambada de dinossauros, ultrapassados parados no tempo...quem hj em dia pensaria num estilo "geral" pra dizer q esta modernizando seu estadio? Ah vá toma no cu, se for pra fazer isso, melhor deixar do jeito q ta e só cobrir o Morumbi pq modernizar nossa casa de verdade com essa mentalidade dos anos 60 que impera dentro do clube, será dificil

16/05/2018 17:56:21 SaoPaulinoSP

BOA LECO!

16/05/2018 17:08:40 Eric Castro

DIFICIL ACREDITAR !!!

16/05/2018 13:20:08 Edilson Vaz Pinheiro

Fernando Lima, eu já havia pensado na sua ideia ,pena q os incompetêntes não pensam igual a nós.

16/05/2018 12:12:03 Fernando Lima

Seria melhor trazer a arquibancada do anel do meio, onde e a numerada superior hj, dando continuidade até a pista de atletismo , ficaria muito melhor, e a área onde é a geral faria novos vestiários e coisas mais.

16/05/2018 10:37:07 erimoitinho

Não seria mais interessante eliminar o anel inferior e fazer o intermediário ir até o gramado? Assim, o vão livre abaixo dessa arquibancada seria maior e poderia ter utilizado de outra forma. Além do fato de que, devido à inclinação, o angulo de visão das fileiras mais altas seria melhor. Mas não sou engenheiro, apenas especulando.

16/05/2018 10:19:09 Junior C Marques

sp deveria também achar uma maneira de construir um estacionamento ganharia dinheiro em dias de jogos e alugaria em dias comuns quando ha jogos decisivos flanelinhas chegam a cobrar 50 reais para deixar o carro na rua e se nao pagar riscam o carro roubam etc.

16/05/2018 10:18:20 Luiz Paulo de Carvalho

Aproximar a torcida do gramado é uma ótima ideia pois o Morumbi só faz muita pressão ao time adversário quando está lotado

16/05/2018 09:46:10 PimPim

O Morumbi é o estádio mais bonito do País.

16/05/2018 09:24:36 Cdc_Escobar

Possibilidade de ser sede da Copa América em 2019, show de bola

16/05/2018 08:57:02 Márcio Gomes

kd que pensa em nos torcedores que ficam na arquibancada superior? tempo de chuva ou de frio nos sofremos muito afinal nosso estádio está em uma área pouco alta e com muito frio.. Mas não eles não estão nem aí pra nós

16/05/2018 08:33:32 Jeferson Ortiz

Temos um lindo estádio mais precisamos nos modernizar pq ficamos pa trais com as novas arenas..

16/05/2018 08:26:12 Douglas Sodero Valerio

gostei da parte da geral indo ate perto do campo...aumenta a pressao

16/05/2018 08:25:07 Andrei Suttani

devia sim cobrir o Morunbi

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.