[ANÁLISE] São Paulo 4 x 0 Chapecoense, alma lavada e muita agressividade na segunda etapa
publicidade

[ANÁLISE] São Paulo 4 x 0 Chapecoense, alma lavada e muita agressividade na segunda etapa

0 0 0
(Foto: Marcos Ribolli)


Por: Igor Souza



São Paulo e Chapecoense duelaram forças em uma noite pra lá de agradável no Morumbi. 35 mil pessoas estiveram presentes para assistir à goleada do São Paulo construída na segunda etapa – o time voltou outro, graças ao treinador Cuca – o primeiro tempo foi o mesmo de sempre: pouca movimentação, toques curtos, nenhuma ‘coragem’ para jogar futebol e construir jogadas.





Foto: Leonardo Miranda

O primeiro tempo foi com maior posse de bola, mas uma posse que já estávamos acostumados e não gostamos. Um time que necessita dos zagueiros para condução das jogadas e muitas vezes os beques com pouquíssimas opções de passes para frente, pois o time não se movimentava. A posse de bola ‘inútil’ pré-pausa rodeava o Morumbi mais uma vez.


A falta de mobilidade na primeira etapa era tudo o que o time da Chapecoense queria, manter as linhas baixas e jogar com os 11 atrás da linha da bola, buscando uma ou duas jogadas para abrir o placar – quase deu certo. Thiago Volpi, mais uma vez crucial para o São Paulo, fez duas defesas importantíssimas para sequência da ‘peleja’.


O final da primeira etapa não teria como ser diferente – muitas, inúmeras, milhares de vaias da torcida ao time. O São Paulo não parecia querer acabar com a série terrível de 8 jogos sem vencer.


Peso de treinador na vitória


A conversa no intervalo é perfeita, Cuca substitui e coloca um time mais ofensivo, que centraliza menos o jogo e torna-se mais reativo. Éverton e Toró entram nos lugares de Pato e Luan, respectivamente. Tudo o que a Chapecoense não queria. Cuca tirou o time de Chapecó da zona de conforto e pediu mais ímpeto aos atacantes.


Era fácil prever que a Chapecoense não iria aguentar aquele altíssimo nível da segunda etapa e os gols aconteceram naturalmente, Éverton e Toró entraram bem, dando profundidade e mudando o estilo de jogo do São Paulo. No primeiro tempo um São Paulo que centralizava demais e tornava a posse indiferente, já na segunda etapa um time montado para o contra-ataque veloz e que quebrava as linhas da Chape, o São Paulo agressivo que sempre pedimos.




Confira os números e comparativos


Finalizações: Na primeira etapa inteira foram 8 finalizações do São Paulo. Já nos primeiros 15 minutos do segundo tempo, ou seja, apenas 1/3 do total da primeira etapa, o Tricolor finalizou 7 vezes;


Chances criadas: Foram 6 chances criadas em toda à primeira etapa. Nos primeiros 15 minutos do segundo tempo, 4;


Gols marcados: Com toda certeza a melhor comparação, gols marcados na primeira etapa 0. Nos primeiros 15 minutos, 3 gols marcados, 3 gols relâmpagos.


Toda hora é boa para somar 3 prontos, mas se pudesse escolher um momento melhor do que o de ontem, seria pouco provável escolher outra data. Uma subida incrível na tabela, de 12º para 5º lugar no Brasileirão. Do 14º melhor ataque, outro salto na tabela indo para 8º neste quesito. Segunda melhor defesa do campeonato.


Uma vitória muito além de um só jogo, como afirmou o técnico Cuca:


“Hoje tinha muita coisa em jogo. Não era uma partida só em jogo. Tinham sete posições em jogo. Você pula de 15º para uma zona de luta pela Libertadores. Você pula de seis partidas sem vencer para cinco invictas. Você pula de um ataque muito ruim para um ataque bom, com uma das três melhores defesas do campeonato. Ela se junta com o grande jogo que fizemos contra o Palmeiras. Dá moral. Confiança é importantíssimo."





Próxima parada: Maracanã, Fluminense x São Paulo, Sábado, dia 27.



São Paulo, Cuca, Brasileirão, Chapecoense



VEJA: Clique aqui e veja a baita viagem que a Mandala Turismo preparou para você aproveitar Capitólio-MG

VEJA: São Paulo vende Lucas Fernandes para o Portimonense por R$ 10 milhões

LEIA TAMBÉM: Dirigente de futsal cobra R$ 1 milhão do São Paulo por lateral-esquerdo

LEIA TAMBÉM:São Paulo faz mistério até para diretores sobre parceiros da "operação Dani Alves"

SPFC ULTIMAS NOTICIAS: CAMISA CELESTE; EVERTON FELIPE E MAIS! - IGOR SOUZA

Clique aqui e confira séries, comentários, filmes e tudo sobre futebol! Teste agora!

Avalie esta notícia: 11 0

Comentários (1)

23/07/2019 11:04:54 Ricardo Andrade

Mancine fez sucesso qd colocou um time mais rapido e leve. O hernanes e o pato devem voltar so qd tiverem preparados. Por enquanto devem ser banco

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.