Últimas Notícias
publicidade

Ministério Público oferece denúncia criminal contra ex-gerente de marketing do São Paulo e mais três

0 0 0
U2 passou pelo Morumbi em turnê brasileira em 2017 (Imagem: Lucas Lima/UOL)

Após mais de um ano investigação, o Ministério Público de São Paulo ofereceu denúncia pedindo a instauração de ação criminal contra Alan Cimerman, ex-gerente de marketing do São Paulo. Os promotores pedem que Cimerman, sua filha e mais duas pessoas sejam processados e julgados por estelionato e associação criminosa em um esquema de desvio de valores referentes a ingressos e camarotes de shows no Morumbi em 2017.



De acordo com a denúncia, Cimerman negociou ingressos e camarotes para shows da banda U2 e do cantor Bruno Mars com diversas pessoas, físicas e jurídicas. O então dirigente, entretanto, não repassava os valores recebidos ao São Paulo, e nem os ingressos aos adquirentes. Ao invés disso, a quantia era depositada diretamente na conta de sua filha.



Na operação, o gerente teria contato com a ajuda de um casal. Cimerman é acusado de fazer um contrato falso com a empresa dessas outras duas pessoas, para que elas também intermediassem venda de ingressos e camarotes para os shows. Todos os valores eram depositados na conta da filha do executivo.

Ainda segundo o MP, Cimerman teria falsificado a assinatura do então diretor de marketing Márcio Aith ao ceder camarotes para os dois cúmplices. Ao longo de todo o processo, foram falsificados cheques, recibos e ingressos, inclusive documentos das empresas organizadoras dos shows.



Os promotores afirmam que o esquema atingiu um total de dez vítimas, que foram lesadas em pouco mais de R$ 3 milhões. Agora, o processo vai para o Judiciário - se denúncia for aceita, será instaurada ação penal contra os investigados.

Procurado pela reportagem, o advogado de Alan Cimerman não retornou os contatos.

São Paulo, Ministério Público, Denúncia, Criminal, Ex-gerente, Marketing, SPFC

VEJA: Álvaro Pereira diz que gostaria de voltar a jogar pelo São Paulo

E MAIS: SPFC descarta proposta da China por Pablo


Juanfran em final de contrato - Arboleda vira alvo de time da França - SP precisa vender um jogador





Avalie esta notícia: 30 0

Comentários (6)

22/10/2019 19:14:05 João Carlos Freitas

Só usa advogado quem é réu confesso

22/10/2019 19:11:57 João Carlos Freitas

Se apertar ele a filha abrem o jogo? Se ele e a não tiverem nada com a coisa sem advogado nem nada vai a público agora se precisar de advogado é porque tem culpa no cartório?

22/10/2019 12:52:07 Gilberto Teixeira

Aproveita o MP e denuncia o Leco caquetico tbm por tentar acabar com o tricolor como o pior dos piores em 10 anos simples assim afinal de contas quem contratou esse ladrão

22/10/2019 12:13:51 Wesley.BH

PQP a sujeira aparecendo, se remexer aparece mais coisa, o certo era zerar tudo aquele bando viciado, que sugam o tricolor, e começar do zero.

22/10/2019 10:30:36 Moacir francisco junior

É só ganhar um jogo e vem essas conversinhas mole, ainda tem trouxa que entra nessa pilha pqp

22/10/2019 10:23:58 EncrencazOr

Esta escancarado para todos verem oque virou o SPFC. Já cancelei meu ST a muito tempo por não compactuar com bandidos. Quem me garante que o dinheiro que, de boa fé, entrego ao SPFC, será destinado ao futebol do clube? Na minha opinião esse clube, na pessoa dos seus dirigentes, perdeu toda a credibilidade.

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.