<b>São Paulo escapa da derrota ao empatar no fim com o Atlético-PR no Morumbi</b>
publicidade

São Paulo escapa da derrota ao empatar no fim com o Atlético-PR no Morumbi

André Lima muda o jogo ao entrar e fazer o gol que salvou o time paulista

0 0 0


Após quase um mês o São Paulo voltou a jogar no Morumbi. Mas o resultado foi bem diferente da vitória por 2 a 1 sobre o América de Cáli, no dia 22, pela LIbertadores. O anfitrião quase perdeu, mas conseguiu o empate por 2 a 2 com o Atlético-PR nos minutos finais, na tarde deste domingo, pelo Brasileiro.

Com o resultado, o Tricolor soma o primeiro ponto, na 16ª posição, e o Furacão tem um ponto também, provisoriamente na 17ª colocação. Na próxima rodada, o time paulista encara o clássico contra o Palmeiras , no domingo, e o paranaense recebe o Náutico , no mesmo dia.

Tricolor perde gols, e Furacão aproveita

Como o técnico Muricy Ramalho previa, o Atlético-PR de Geninho veio disposto a jogar fechado. Ainda assim, o dono da casa criava e tinha mais posse de bola. Logo aos quatro minutos, Hernanes chutou da entrada da área assustando o goleiro Galatto. A bola passou perto do gol. A primeira grande chance do Furacão aconteceu aos 19. Rafael Moura arrancou pelo meio e carimbou a trave direita de Bosco.

O troco foi rápido. Um minuto depois, Borges invadiu a área do adversário e chutou, mas a bola foi em cima de Galatto, que fez a boa defesa. Era mais uma chance clara desperdiçada pelo Tricolor. O Furacão seguia com a estratégia de segurar o ímpeto do São Paulo, e tinha sucesso.

Aos 41, Hernanes recebeu de Washington e errou a pontaria, mandando a bola pela linha de fundo. No minuto seguinte foi a vez de Galatto segurar a cabeçada de Borges. Ele também chutou para fora aos 44.

Com tantos gols perdidos, o São Paulo acabou punido aos 45 minutos. Após cobrança de escanteio e desvio, Rafael Santos recebeu a bola no meio da área e, de bico, marcou para o Furacão. O primeiro tempo terminou em seguida e os visitantes comemoraram o resultado parcial. Ao Tricolor, a torcida ofereceu algumas vaias.

- O São Paulo foi a equipe que no primeiro tempo procurou mais o gol e não fez. Acabou levando - lamentou Miranda, no fim da etapa.

Empate no fim salva anfitrião

Borges, que saiu de campo no intervalo chateado com as chances claras perdidas, voltou disposto a se redimir. Logo no primeiro minuto, o atacante pegou uma sobra e chutou no canto direito de Galatto, sem pensar. E não comemorou o gol.

O Atlético chegou à área tricolor aos quatro minutos, com Rafael Santos, que se chocou com Bosco. O goleiro precisou de atendimento e até preocupou a torcida, mas continuou em campo. Aos 13, o anfitrião teve chance em uma falta perto da área. Hernanes bateu forte e Galatto segurou bem. O jogo era um pouco mais aberto.

Jorge Wagner, sentindo dores, saiu para a entrada de Junior Cesar. Arouca também foi sacado e Wellington foi o escolhido por Muricy. O São Paulo tinha mais a posse e via o ímpeto do Furacão esfriar aos poucos.

Aos 24, um lance incrível: Zé Luis foi o primeiro a furar o chute, de frente para o gol. Wellington pegou a sobra e chutou; a bola foi na direção de Washington, que também tentou; desta vez caiu para Hernanes, que concluiu; por fim, Hugo pegou o último rebote e carimbou a trave direita de Galatto. A torcida não acreditava que nenhum dos chutes havia entrado!

O time que mais criava, mas não fazia, foi novamente punido. Aos 29, em cobrança de escanteio, Rafael Santos, ele de novo, marcou o segundo do Atlético. O zagueiro subiu de cabeça entre Miranda e Richarlyson e balançou a rede de Bosco.

O São Paulo tentou correr atrás do empate. Hugo arrancou pela esquerda e chutou para fora. Wellington também tentou no minuto seguinte e a bola desviou na defesa. Após escanteio, Borges chutou e acertou a rede, mas pelo lado de fora. Hernanes também tentou mudar o jogo, aos 39, mas a defesa impediu.

Muricy colocou André Lima no lugar de Borges, que se chocou com um jogador do Atlético. O atacante mudou a história do jogo. Aos 43, Washington fez o pivô ao receber um lançamento na entrada da área, passou para Hugo que, pela esquerda, achou André Lima no meio da área. O camisa 19 colocou a bola para dentro e empatou a partida.

O jogo ficou ainda mais aberto nos minutos que restavam. O Atlético chegou à área tricolor e desesperou a torcida são-paulina. O Tricolor também ameaçou fazer o terceiro, mas não conseguiu. O empate se concretizou.



Veja os gols


VEJA: Clique aqui e veja as promoções que a Farelos Jurídicos preparou para você

LEIA TAMBÉM: Fora dos planos do técnico Cuca, lateral pode deixar São Paulo após propostas

LEIA TAMBÉM: Hudson pede para não ser fixado na lateral e Cuca ainda quer reforço

E MAIS: São Paulo aplica maior goleada desde a era Rogério Ceni; relembre

Clique aqui e confira séries, comentários, filmes e tudo sobre futebol! Teste agora!






Avalie esta notícia: 13 3

Comentários (32)

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.