No sufoco, São Paulo empata com Atlético-PR
publicidade

No sufoco, São Paulo empata com Atlético-PR

0 0 0


O São Paulo sofreu para garantir o empate por 2 a 2 contra o Atlético-PR, na tarde deste domingo, no Morumbi. No sufoco, o Tricolor só confirmou a igualdade do placar nos minutos finais, com gol de André Lima, em posição duvidosa.

O zagueiro Rafael Santos marcou os dois gols do Furacão, mas o Tricolor contou com tentos de Borges e André Lima para assegurar um ponto em casa. Apesar do gol nos minutos finais, o placar não foi o esperado pelo São Paulo, que segue sem vencer neste Campeonato Brasileiro.

O jogo: O São Paulo começou a partida disposto a acabar com a má fase. Assim, logo aos quatro minutos de jogo, o Tricolor desperdiçou uma chance incrível. Hernanes recebeu em velocidade na meia-lua e viu Gallato deixar a meta para impedir a batida. O camisa dez tocou na saída do goleiro, mas a bola passou rente à trave.

Pouco depois, Hernanes rolou na entrada da área para Borges, que girou e chutou por cima do travessão. Apesar de o São Paulo ter iniciado a partida concentrando as jogadas em seu sistema ofensivo, o Atlético se apresentou como um time perigoso nos contragolpes, principalmente em lances de Márcio Azevedo e Rafael Moura.

O Furacão, então, aproveitou uma falha da defesa local para ameaçar a meta de Bosco. Richarlyson tentou afastar o perigo da esquerda e deu a bola de presente para Wallyson, que se valeu da oportunidade e passou na área para Rafael Moura. O atacante chegou livre e carimbou a trave.

Aliás, o Atlético mostrou disposição em testar a nova formação da defesa são-paulina. Sem contar com André Dias, Renato Silva, Rodrigo e Aislan, Muricy Ramalho foi obrigado a colocar apenas um zagueiro de origem, Miranda, que formou dupla de defesa com o improvisado Richarlyson.

Enquanto a zaga buscava entrosamento, o sistema ofensivo do Tricolor investiu para tentar a vitória. No lance seguinte ao susto da bola na trave, o São Paulo respondeu no ataque. Borges dominou de frente para o gol e finalizou em cima do goleiro. Do outro lado, Rafael Moura carregou a bola pela intermediária e chutou perto da trave.

Apesar de ficar mais presente na frente, o São Paulo encontrou dificuldades para criar novas jogadas de perigo. O Tricolor só voltou a ter chance clara de gol aos 43 minutos, quando Washington funcionou como pivô para deixar Borges de frente para a meta, mas a finalização do camisa 17 foi para fora. Na resposta, aos 45, o Furacão abriu o placar. Depois de cobrança de escanteio, a zaga local deixou Rafael Santos livre, e o atleta bateu para as redes.

As duas equipes voltaram sem alterações para o segundo tempo, mas logo o São Paulo igualou o placar. No primeiro minuto da etapa, depois de cobrança de lateral, Washington e Hugo tocaram de cabeça para a bola chegar a Borges, que limpou a defesa e chutou para as redes.

Depois do gol do Tricolor, as duas equipes passaram a mostrar mais disposição na marcação do meio-campo, o que deixou a partida ríspida em alguns momentos. O time anfitrião teve uma oportunidade em cobrança de falta de Hernanes, mas Gallato segurou.

Muricy Ramalho, então, promoveu duas alterações quase ao mesmo tempo na equipe. Jorge Wagner e Arouca deixaram o campo para as entradas de Junior Cesar e Wellington, respectivamente.

O Tricolor quase virou o jogo em um bombardeio incrível na área do Furacão. Em bate-rebate, Zé Luis, Wellington, Washington e Hernanes tentaram finalizações. Na última batida do lance, Hugo carimbou a trave. Na jogada seguinte, Washington caiu na área e pediu pênalti, mas o árbitro mandou o jogo seguir.

Depois de se segurar na defesa, o Atlético pulou novamente à frente no placar. Aos 29 minutos, Marcinho cobrou escanteio e Rafael Santos subiu mais que a zaga para cabecear para as redes. O São Paulo só conseguiu empatar no fim do jogo, aos 44 minutos. André Lima, que havia acabado de entrar na vaga de Borges, recebeu na pequena área para mandar para as redes. Os atleticanos reclamaram da posição duvidosa do atacante, mas o árbitro validou o gol.
VEJA: Clique aqui e veja as promoções que a Farelos Jurídicos preparou para você

LEIA TAMBÉM: Fora dos planos do técnico Cuca, lateral pode deixar São Paulo após propostas

LEIA TAMBÉM: Hudson pede para não ser fixado na lateral e Cuca ainda quer reforço

E MAIS: São Paulo aplica maior goleada desde a era Rogério Ceni; relembre

Clique aqui e confira séries, comentários, filmes e tudo sobre futebol! Teste agora!






Avalie esta notícia: 7 5

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar.

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.