São Paulo empata com Atlético-PR e completará 1 mês sem vitórias
publicidade

São Paulo empata com Atlético-PR e completará 1 mês sem vitórias

0 0 0
Com um gol aos 44min do segundo tempo, marcado por André Lima, o São Paulo empatou com o Atlético-PR por 2 a 2, no Morumbi, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro, neste domingo.

Assim, a equipe dirigida pelo técnico Muricy Ramalho conquistou o seu primeiro ponto na competição, mas ficará um longo tempo sem conquistar um triunfo.

A última vitória do time foi contra o América de Cali, por 2 a 1, pela Libertadores, no dia 22 de abril. Como só voltará a jogar na próxima rodada do Nacional, contra o Palmeiras, no domingo, a equipe, que não precisou jogar nas oitavas da Libertadores, ficará mais de um mês sem vencer.

As cobranças no clube tricolor aumentaram muito após a má estreia no Nacional. A equipe perdeu para o Fluminense, por 1 a 0, no Maracanã. Esse revés somado com a eliminação no Campeonato Paulista, com duas derrotas para o rival Corinthians, fizeram o ambiente se tornar mais tenso.

Sexta-feira à tarde, o treino são-paulino realizado no CT teve até a presença de Juvenal Juvêncio, o presidente do clube, que foi observar de perto a atividade do grupo.

O Atlético-PR, que está fora da Copa do Brasil, também não começou bem o Brasileiro. O time foi derrotado pelo Vitória por 2 a 0, na Arena da Baixada.

Para armar o São Paulo para a partida deste domingo, Muricy teve muitos desfalques na defesa. Renato Silva, com dores na coxa direita, foi vetado para o jogo. André Dias, com problema muscular na coxa esquerda, também ficou fora. Rodrigo se recupera de uma embolia pulmonar e não deve mais jogar neste semestre. Até Aislan, que era dúvida por causa de dores na região lombar, não jogou.

Sem tantos jogadores, Muricy colocou Richarlyson na posição de zagueiro para iniciar a partida. Miranda e Zé Luís, outro curinga, também atuaram como titulares no setor defensivo.

No primeiro tempo, o São Paulo não conseguiu iniciar uma pressão. O time até buscou avançar em campo, mas sofreu com a marcação rival. A partida ficou equilibrada e as duas equipes tiveram chances de marcar.

Logo no começo do jogo, Hernanes apareceu como um atacante no setor ofensivo e tocou na saída do goleiro Gallato. A bola passou muito perto do gol e saiu.

O Atlético-PR, que não atuou recuado, chegou a acertar a trave são-paulina, aos 20min. Livre, Rafael Moura recebeu próximo da marca de pênalti e por pouco não abriu o placar.

O gol da equipe paranaense saiu no final do primeiro tempo. Após cobrança de escanteio, Rafael Santos pegou a sobra e acertou um chute muito forte. Aos 46min, O Atlético-PR ficava à frente no marcador.

No segundo tempo, o São Paulo voltou muito melhor. E o empate não demorou a acontecer. Aos 2min, Borges conseguiu dominar na área e, rápido, chutar para fazer 1 a 1.

O gol animou o time do São Paulo, que permaneceu no ataque. A equipe criou boas jogadas, também mandou a bola na trave rival, mas novamente viu o Atlético-PR ficar em vantagem. Rafael Santos, de cabeça, fez 2 a 1, aos 30min.

No final, aos 44min, André Lima, que entrou no lugar do Borges, fez 2 a 2. O lance foi muito questionado pelos jogadores do Atlético-PR que pediram impedimento.
VEJA: Clique aqui e veja as promoções que a Farelos Jurídicos preparou para você

LEIA TAMBÉM: Fora dos planos do técnico Cuca, lateral pode deixar São Paulo após propostas

LEIA TAMBÉM: Hudson pede para não ser fixado na lateral e Cuca ainda quer reforço

E MAIS: São Paulo aplica maior goleada desde a era Rogério Ceni; relembre

Clique aqui e confira séries, comentários, filmes e tudo sobre futebol! Teste agora!






Avalie esta notícia: 7 8

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar.

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.