São Paulo 2 x 2 Atlético-PR - Ficou barato para o Tricampeão
publicidade

São Paulo 2 x 2 Atlético-PR - Ficou barato para o Tricampeão

0 0 0
A má fase do São Paulo voltou a atacar a equipe de Muricy Ramalho neste domingo. Atual tricampeão brasileiro, o Tricolor entrou em campo com apenas um zagueiro, por causa das contusões, e foi prejudicado. Cheio de espaços na defesa, o Sampa contou com um gol de André Lima nos acréscimos para arrancar um empate por 2 a 2, no Morumbi, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro.

O Furacão abriu o placar no final do primeiro tempo, com o ex-zagueiro da Ponte, Rafael Santos. No segundo tempo, o São Paulo se baseou na força e achou o empate com Borges. Rafael Santos marcou o segundo dos paranaenses, mas André Lima garantiu o empate.

Com isso, nenhum dos dois times sabe o que é vitória neste Brasileirão. Após derrota na primeira rodada para o Fluminense, o São Paulo luta contra a má fase no Nacional. Enquanto isso, o Atlético-PR perdeu para o Vitória na estréia, em casa, e também soma um ponto na tabela.

Já vi este filme!
O São Paulo voltou a apresentar problemas tanto na defesa quanto no ataque. Visivelmente sem ritmo de jogo, o time criou suas oportunidades graças aos erros de posicionamento da defesa atleticana. Em contrapartida, abriu espaços atrás e possibilitou oportunidade ao adversário.

O Tricolor chegou ao ataque logo aos quatro minutos. Hernanes aproveitou espaço no miolo da zaga e recebeu lançamento. Livre, o camisa 10 tentou encobrir Galatto, mas chutou pela linha de fundo. A bola saiu pelo lado direito.

Com jogadores improvisados na defesa, o São Paulo não empolgou a torcida presente ao Morumbi. Aos 20, o Atlético-PR (que veio com a intenção de marcar, apenas) quase abriu o placar. Após erro de Miranda, Wallyson rolou para Rafael Moura, que finalizou forte da entrada da área. A bola explodiu na trave direita, para sorte de Bosco.

Em resposta, o Sampa quase marcou no minuto seguinte. Borges recebeu passe dentro da área e se confundiu. Ao invés de chutar com o pé esquerdo, arriscou de direita. A bola saiu fraca e facilitou o trabalho de Galatto. Esta foi a primeira jogada do centroavante na partida.

Borges ainda teve outra oportunidade nos minutos finais. Aos 43 minutos, o atacante fez boa tabela com Washington, invadiu a área, mas chutou por cima do travessão. A falta de precisão no ataque foi castigada minutos depois.

Aos 45, Marcinho cobrou escanteio pelo lado esquerdo. A bola sobrou no meio da área para Rafael Santos. O ex-zagueiro da Ponte Preta deu de bico na bola e venceu Bosco, acertando o ângulo esquerdo do goleiro são-paulino, que saltou apenas para sair na foto.

A conversa deu resultado!
O São Paulo voltou pilhado do vestiário. Os jogadores não falaram sobre o teor da conversa, mas trouxeram uma disposição que faltou no primeiro tempo. Logo aos dois minutos, o Tricolor deu uma resposta à torcida. Washington cabeceou para o alto, Borges dominou e chutou forte, no canto direito, para empatar a partida.

Com o gol, o São Paulo passou a jogar melhor ofensivamente. Hernanes teve a chance de virar o placar, em cobrança de falta, mas Galatto defendeu o chute cheio de efeito do camisa 10 são-paulino. O que podia atrapalhar o time da casa era o fantasma das contusões. E ele surgiu...

Depois de tirar Rogério Ceni, André Dias e Rodrigo, o fantasma pegou Bosco e Jorge Wagner. O goleiro se contundiu depois de dividida com um atacante do Atlético-PR, mas preferiu ficar em campo, diferente de Jorge Wagner, que sentiu lesão e deixou o campo, substituído por Júnior César. Outro que saiu com dores foi Arouca: Wellington entrou em seu lugar, para dar vida ao lado direito.

Mesmo com os problemas, o São Paulo continuou pressionado o Furacão. Aos 24, o Tricolor perdeu o gol em lances incríveis. Borges e Washington foram travados dentro da área, e a bola sobrou limpa para Hernanes, que bateu forte. Galatto defendeu, mas deu rebote para Hugo, que fechou o olho e explodiu a trave direita. Muricy foi só desespero na beira do campo. O gol tinha que sair.

Enfim, ele saiu...
O gol pedido por Muricy Ramalho saiu, mas para o lado contrário. Aos 29 minutos, em repetição do primeiro gol, o Atlético-PR fez o segundo. Marcinho cobrou escanteio pelo lado direito e achou Rafael Santos, que tocou de cabeça e venceu mais uma vez Bosco.

O gol desanimou o São Paulo e quase acabou com as chances de reação. Aos 31, Hugo tentou resolver na base da força, mas finalizou pela linha de fundo, bem longe do gol de Galatto. Dois minutos depois, Borges virou em cima do zagueiro e finalizou de esquerda. A bola encontrou a rede pelo lado de fora, e até enganou a torcida.

No desespero, Muricy colocou André Lima no lugar de Borges, que saiu machucado. A substituição garantiu ao menos um ponto ao São Paulo. Aos 43 minutos, Hugo avançou pelo lado esquerdo e chutou cruzado. André Lima, em posição de impedimento, completou para o gol vazio e deu números finais ao jogo. O Tricolor ainda tentou pressionar nos acréscimos, mas não teve jeito.

Próximos Jogos
Os dois times voltam a jogar pelo Brasileirão somente no próximo domingo, dia 24. O Atlético-PR joga na Arena da Baixada, em Curitiba, contra o Náutico, às 16 horas. No mesmo horário, no Morumbi, o São Paulo faz o clássico com o Palmeiras. Será o primeiro clássico estadual do Campeonato Brasileiro.

Ficha Técnica

São Paulo 2 x 2 Atlético-PR

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo-SP
Árbitro: Wílton Pereira Sampaio-DF
Público: 11.554 pagantes
Renda: R$ 262.055,00
Cartões Amarelos: Washington, Eduardo Costa e Júnior César (São Paulo); Rafael Santos, Raul e Marcinho (Atlético-PR)
Gols: Borges aos 2’/2T e André Lima aos 43’/2T (São Paulo); Rafael Santos aos 45’/1T e aos 29’/2T (Atlético-PR)

São Paulo
Bosco; Zé Luís, Miranda e Richarlyson; Arouca (Wellington), Eduardo Costa, Hernanes, Hugo e Jorge Wagner (Júnior César); Borges (André Lima) e Washington.
Técnico: Muricy Ramalho.

Atlético-PR
Galatto; Rhodolfo, Antônio Carlos e Rafael Santos; Raul, Rafael Miranda, Chico, Marcinho e Márcio Azevedo (Alex Sandro); Rafael Moura e Wallyson (Gustavo).
Técnico: Geninho.
VEJA: Clique aqui e veja as promoções que a Farelos Jurídicos preparou para você

LEIA TAMBÉM:[RELEMBRE]: Confira os melhores momentos do Fabuloso com a camisa do Tricolor

LEIA TAMBÉM: Concorrência de Pato e Toró faz Everton ter de se adaptar à nova realidade

LEIA TAMBÉM:Clubes ligam alerta após queda brusca de investimentos em publicidade no futebol


Clique aqui e confira séries, comentários, filmes e tudo sobre futebol! Teste agora!






Avalie esta notícia: 5 4

Comentários (6)

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.