Atlético-PR ainda não sabe se vai reclamar da arbitragem na CBF
publicidade

Atlético-PR ainda não sabe se vai reclamar da arbitragem na CBF

Marcos Malucelli entende que erros prejudicaram o Furacão no Morumbi, mas prefere esperar reunião com diretoria para formalizar protesto

0 0 0
Embora afirme que os erros árbitro Wilton Pereira Sampaio e do auxiliar Marrubson Melo Freitas, ambos do Distrito Federal, tenham impedido o Atlético-PR de vencer o São Paulo no Morumbi, o presidente do Conselho Administrativo do Furacão disse que ainda não sabe se o clube vai formalizar um protesto na Confederação Brasileira de Futebol(CBF).

Para Marcos Malucelli, o tema ainda precisa ser discutido em reunião.

- Ainda não sei o que vamos fazer. Precisamos conversar com o Conselho Administrativo e definir. Mas é claro que saímos prejudicados de São Paulo, porém nada mudará o resultado final do jogo - lembrou. A conversa de diretoria deve acontecer na tarde desta segunda-feira.

Embora o dirigente demonstre cautela ao tratar o assunto, o técnico Geninho, por sua vez, pediu punição aos árbitros.

- Os árbitros, no caso de errarem, também têm de ser punidos, pois estão interferindo no resultado. Se não fizerem nada, nunca vamos corrigir isso - disse o treinador atleticano, em entrevista coletiva após o empate por 2 a 2 com o São Paulo no domingo.

A reclamação rubro-negra começou logo aos três minutos do primeiro tempo. Após tocar na bola antes do zagueiro Miranda, o meia atleticano Marcinho foi derrubado pelo jogador do São Paulo dentro da área. Pênalti, confirmado pelas imagens da televisão, que o juiz da partida não assinalou.

O lance mais polêmico: aos 43 do segundo tempo, o atacante Washington teria dominado a bola com o braço antes de passar para Hugo, que cruzou para André Lima marcar o gol de empate do São Paulo. Pelas imagens da televisão ficou comprovado que, na hora do cruzamento, o atacante estava impedido.
VEJA: Clique aqui e veja as promoções que a Farelos Jurídicos preparou para você

LEIA TAMBÉM: Fora dos planos do técnico Cuca, lateral pode deixar São Paulo após propostas

LEIA TAMBÉM: Hudson pede para não ser fixado na lateral e Cuca ainda quer reforço

E MAIS: São Paulo aplica maior goleada desde a era Rogério Ceni; relembre

Clique aqui e confira séries, comentários, filmes e tudo sobre futebol! Teste agora!






Avalie esta notícia: 5 6

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar.

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.