Denis preparado para grandes desafios
publicidade

Denis preparado para grandes desafios

Goleiro mostra confiança ao assumir meta são-paulina

0 0 0
Com as contusões de Rogério Ceni e Bosco, o goleiro Denis será o titular da meta do São Paulo no clássico contra o Palmeiras no próximo domingo, no Palestra. Apesar da pressão, o jovem de 22 anos se disse pronto para assumir o gol tricolor.

- Todo o jogador treina esperando a chance aparecer. Eu tenho treinado muito forte, procurando melhorar a cada dia. Sei que tenho que substituir meus companheiros à altura porque são dois excelentes goleiros e por isso estou me preparando muito bem para que agora eu posso dar meu melhor – disse Denis, ao site oficial do clube.

- É um jogo muito difícil contra o Palmeiras, que é uma excelente equipe. A partida é no Parque Antarctica, mas estamos trabalhando forte para entrar em campo e conquistar uma vitória. Sei que será um dos jogos mais importantes da minha carreira – completou.

Com 22 anos, o terceiro goleiro tricolor fará sua segunda partida pelo clube. Ele entrou na vitória sobre a Portuguesa, pelo Campeonato Paulista, e ficou 18 minutos em campo, após contusão de Rogério Ceni. Fez boas defesas e ajudou a garantir o 2 a 0 sobre o rival.

Como Bosco só voltará a treinar em pelo menos mais uma semana, é grande a chance de Denis estar em campo também contra o Cruzeiro, pelas quartas-de-final da Libertadores, no próximo dia 27, no Mineirão. Os grandes desafios não assustam o goleiro.

- Estava brincando com meus amigos que eu costumo entrar bem neste tipo de situação, desde os tempos da Ponte Preta. Lá, algumas vezes aconteceram situações parecidas, por expulsões ou contusões e quem jogava era eu. Já estou acostumado com isso – revelou.

Denis ganha chance após as contusões de Rogério Ceni e Bosco. Ceni ficará pelo menos três meses fora do gramado (Fratura no tornozelo esquerdo). Já Bosco foi submetido a uma ressonância magnética nesta segunda-feira para detectar a gravidade de uma lesão no joelho esquerdo, sofrida durante a partida contra o Atlético-PR, no último domingo, no Morumbi. Os exames apontaram uma lesão no ligamento colateral medial. Denis fez questão de prestar solidariedade ao companheiro.

- Após o jogo, já fazendo gelo, perguntei como ele estava e ele disse que estava com dor. Aí eu falei pra ele ficar tranquilo que não seria nada grave. Hoje, gostaria de dar todo o meu apoio para ele e dizer que ele pode ficar tranquilo. Não tenho nem o que falar do profissionalismo e da qualidade que o Bosco tem. Quero dar o meu conforto e estar junto nessas horas para ajudar e incentivar esse grande companheiro – declarou.
VEJA: Clique aqui e veja as promoções que a Farelos Jurídicos preparou para você

LEIA TAMBÉM: Fora dos planos do técnico Cuca, lateral pode deixar São Paulo após propostas

LEIA TAMBÉM: Hudson pede para não ser fixado na lateral e Cuca ainda quer reforço

E MAIS: São Paulo aplica maior goleada desde a era Rogério Ceni; relembre

Clique aqui e confira séries, comentários, filmes e tudo sobre futebol! Teste agora!






Avalie esta notícia: 8 6

Comentários (2)

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.