Denis, nasce uma estrela
publicidade

Denis, nasce uma estrela

0 0 0
Existem alguns cargos no mundo que é inimaginável que haja uma mudança ou sucessão, mesmo tendo a consciência de que ninguém é eterno.

A presidência da Venezuela, por exemplo, é algo que já faz parte do corpo de Hugo Chaves. O trono da Inglaterra que é ocupado pela rainha Elizabeth já virou marca registrada da sua longa história. O cargo de treinador do Manchester United é direito adquirido do Sr. Alex Ferguson. O SBT sem Silvio Santos eu nem consigo achar uma palavra para descrever.

Mas alguns reinados caíram por morte, por corrupção ou por sucessão mesmo. Fidel Castro deixou o seu irmão Rui tomar conta da ilha de Cuba. O Papa João Paulo II morreu e o Papa Bento XVI assumiu o Sumo Pontífice. Eurico Miranda e Alberto Dualib largaram o osso mesmo...

No São Paulo F.C. desde 1997 o gol é protegido por Rogério Ceni. O goleiro se transformou no maior ícone do clube devido a sua paixão e seu profissionalismo. Roger que veio do Flamengo amargou uma reserva monstra e jogou muito pouco. Bosco, que é conhecido como paredão, até que jogou mais que o Roger, porém agora que estava à vontade com a titularidade provisória devido a uma fratura no tornozelo de Ceni que o deixará fora dos gramados pelo menos até agosto, Bosco se machuca também.

Preocupante? Um pouco.

Contratado em janeiro desse ano o jovem goleiro Denis que foi revelado na Ponte Preta, assumirá o gol tricolor. As grandes estrelas surgem de desafios inesperados como o Ronaldo ex-Corinthians que na sua estréia defendeu um pênalti do zagueiro Dario Pereira. E o Marcos, ou melhor, São Marcos que entrou na fase decisiva da Libertadores de 1999 contra o rival Corinthians e só não fez chover.

Com apenas 21 anos, Denis tem uma chance de ouro nas mãos, pois o time do São Paulo não está bem no momento e o clássico contra o Palmeiras será uma vitrine que poderá consagrá-lo para o futebol brasileiro.

Sorte ao jovem goleiro e quem sabe futuro numero 1 do time do São Paulo F.C. e se Denis fizer uma partida memorável, que o Muricy continue com ele no gol até o chefe Rogério Ceni voltar.

Predestinado, Denis já é um vencedor!
VEJA: Conselheiros do São Paulo pedem impeachment de Leco

LEIA TAMBÉM: São Paulo prioriza permanência de Volpi e contratação de meia argentino


ÚLTIMAS NOTÍCIAS: RENOVAÇÃO VOLPI, PROPOSTA DEDÉ, PITY MARTINEZ, SPFC, CONTRATAÇÕES - LAYLA REIS

Avalie esta notícia: 12 0

Comentários (5)

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.
  • publicidade
  • + Comentadas

  • publicidade
  • Fórum

  • Próximo jogo - Brasileirão

    Domingo - 16:00 - Rei Pelé - Premiere
    CSA
    CSA
    São Paulo
    São Paulo

    Último jogo - Brasileirão

    Quarta - 21:30 - Morumbi
    images/icon-spfc.png
    São Paulo
    2 1
    X
    Internacional
    Internacional
    Calendário Completo
  • publicidade
  • Blogs

  • publicidade
  • Untitled Document
    Classificação
    1 Flamengo
    2 Santos
    3 Palmeiras
    4 Atletico Paranaense
    5 Grêmio
    6 São Paulo
    7 Corinthians
    8 Internacional
    9 Fortaleza EC
    10 Goiás
    11 Atletico-MG
    12 Bahia
    13 Vasco DA Gama
    14 Fluminense
    15 Botafogo
    16 Ceará
    17 Cruzeiro
    18 CSA
    19 Chapecoense-sc
    20 Avai
    P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
    87 36 27 6 3 80 32 48 VEVVV
    71 37 21 8 8 56 33 23 EVDVD
    68 36 19 11 6 54 31 23 EEDDD
    63 37 18 9 10 51 32 19 VVVEV
    62 36 18 8 10 60 36 24 VDVDV
    60 37 16 12 9 37 29 8 EEVDV
    56 37 14 14 9 41 32 9 EDVDV
    54 37 15 9 13 42 38 4 EEDVD
    50 37 14 8 15 48 48 0 VEVVE
    49 36 14 7 15 42 57 -15 DEVVD
    48 37 13 9 15 44 47 -3 EDEVV
    48 36 12 12 12 42 40 2 DEDEV
    47 36 12 11 13 37 43 -6 VEEDV
    43 37 11 10 16 36 45 -9 EVVEE
    42 37 13 3 21 30 44 -14 DVVDD
    38 37 10 8 19 35 40 -5 DEDED
    36 36 7 15 14 27 42 -15 EEDDD
    32 37 8 8 21 23 56 -33 DDVDD
    31 37 7 10 20 30 51 -21 VVDDV
    19 36 3 10 23 17 56 -39 DEDDE
    Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
    vitoria empate derrota